Meu cantinho:

Em alguns dias poderemos nos sentir vazios, exaustos e tristes, sem ser aquilo que realmente somos. Nessas dias, mesmo se tentarmos travar contato com os outros, nossos esforços serão em vão. Quanto mais tentarmos, mais falharemos. Quando isso acontece, devemos parar de tentar entrar em contato com o que está fora de nós e voltar a entrar em contato conosco, a 'estarmos sozinhos'. Devemos fechar a porta para a sociedade, voltar a nós mesmos e praticarmos a respiração consciente, observando profundamente o que está acontecendo dentro de nós e ao nosso redor. Aceitamos todos os fenômenos que observamos, dizemos 'oi' para eles, sorrimos para eles. Fazemos bem em executar coisas simples, como meditação andando ou sentada, lavar roupa, limpar o chão, preparar chá e limpar o banheiro em estado consciente. Se fizermos essas coisas, restauraremos a riqueza de nossa vida espiritual". (p. 48)
Nosso encontro com a vida, do monge zen-budista Thich Nhat Hanh

Comentários